in Entre amigas

À minha querida amiga: Tente de novo

at
a-minha-querida-amiga-tente-de-novo

Em resposta à minha querida amiga:

Eu devo dizer que entendo a maneira como você se sente. Por diversas vezes tenho plena consciência de que há muito o que fazer, mas é como se não houvesse força alguma para sequer tentar. Talvez, você esteja cometendo alguns dos erros que cometi. Seus pensamentos e sentimentos podem estar, de alguma forma não pouco preocupante, conduzindo suas ações e reações diante de tudo o que tem vivido. Devo alertá-la de que isso pode se tornar algo idólatra. Tudo aquilo que ocupa o lugar de Deus em sua vida, é um ídolo. E quando transformamos qualquer coisa em um ídolo, tendemos a reagir a isso de forma desesperadora.

Você pode orar centenas de vezes e dizer a Deus que confia n’Ele, mas enquanto permanecer sendo guiada pela instabilidade de suas emoções e não por Sua Palavra, isso não passará de afirmações que você, como filha, gostaria que fossem reais, mas ainda não são. É necessário que eu diga as muitas vezes em que me senti envergonhada por não estar confiando em nosso Senhor como devia, e que por isso posso ver que você tem feito o mesmo? Não é preciso negar, eu entendo e sei o quão doloroso e angustiante pode ser. Não escrevo isso para desanimá-la, mas para que você aprenda a reconhecer seus pecados e o quão perigoso eles são, o quão facilmente podem estraçalhar sua alma sorrateiramente.

Não confie em si mesma, tampouco em sua força, porque não há nenhuma em você, senão aquela que Deus lhe dá. Entenda e aceite que há coisas que não dependem de você, e que isso sirva para lembrá-la constantemente de que quem tem o poder para tudo é apenas Deus. Busque confiar verdadeiramente n’Ele, e se fracassar, tente de novo. De novo. E de novo. Eu peço, minha amiga, não se acomode. Quando se trata de nossa busca por Deus, devemos fazê-la de tal forma como se nossa vida dependesse disso, porque ela depende.

Finalizo com as palavras de C. S. Lewis que muito são um conforto:

Você tem de pedir a ajuda de Deus. Mesmo depois de pedir, poderá ter a impressão de que a ajuda não vem, ou vem em dose menor que a necessária. Não se preocupe. Depois de cada fracasso, levante-se e tente de novo. Muitas vezes, a primeira ajuda de Deus não é a própria virtude, mas a força para tentar de novo. (…) esse processo de treinamento dos hábitos da alma é ainda mais valioso. Ele cura nossas ilusões a respeito de nós mesmos e nos ensina a confiar em Deus.”

Ass: Sua amiga

Share:
Laureane Antunes

Laureane Antunes

Cristã e tenho 21 anos. Sou criadora do blog Alma com Flores, no entanto, tenho profunda consciência de que se não fosse pela Graça de Cristo, nada disso seria possível. Apenas em meu Salvador posso florescer.

1 Comment

  1. Paula Fernanda

    Tu és uma benção! Cada palavra dessa é enviada por Deus.

    15 . jun . 2019

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *