in Vida cristã

Não servimos a um Deus inerte

at
nao-servimos-a-um-deus-inerte

Os midianitas invadiram a tribo de Israel por conta da desobediência deles. Enquanto isso, Gideão estava malhando trigo escondido. Neste momento, apareceu o anjo do Senhor a Gideão e lhe disse: “O Senhor está com você, poderoso guerreiro”, ainda que ele não se sentisse assim. Gideão perguntou ao anjo o porquê do Senhor ter permitido a invasão dos midianitas, mesmo que Ele já houvesse dito. O anjo nada respondeu, apenas falou a ele para que fosse libertar o povo de Israel, pois Deus estava ao seu lado.

Gideão colocou impedimento, enfatizando que o clã dele era o mais fraco, e que ele era o menor de sua família. O Senhor respondeu a ele: “Eu estarei com você, e você derrotará todos os midianitas como se fossem um só homem”. Ele acreditou, porém, pediu um sinal a Deus de que realmente era essa a Sua ordem. Deus respondeu, mas Gideão uma vez mais pediu outro sinal ao Senhor. Ele o deu. E apenas assim Gideão obedeceu a Deus.

A história continua, e o exemplo do exército que de 22 mil soldados sobraram apenas 10 mil, e depois apenas 300 homens, mostra que o Senhor não precisa de números para vencer uma batalha. Porém, o foco é em Gideão.

Primeiro ponto

Deus sabe que não somos fortes o suficiente, por isso Ele nos encoraja. Mas somos tolos e deixamos que nossos sentimentos reinem soberanamente sobre nossa consciência e escolhas.

Segundo ponto

Nós tapamos os ouvidos para coisas das quais o Senhor já respondeu. Mas é insuficiente, queremos ficar ouvindo a resposta o tempo todo. Para quê? Eu não sei. Seria muito mais fácil aceitar a realidade e seguir em frente buscando algo melhor, não? E assim como com Gideão, Deus não ficará passando a mão em nossa cabeça. Ele responde a quantidade necessária para que entendamos, depois disso Ele ordena que sigamos em frente. O passado não trás benefício nenhum para ninguém.

Gideão não achou suficiente uma prova de que era Deus, mas exigiu uma outra. Quantas vezes nós também não fazemos isso? Quantas vezes colocamos Deus e Sua Palavra à prova? O Evangelho diz para fazer de tal forma? O conselho de alguém está pautado nas Escrituras? Então faça! Nós não servimos um Deus inerte. Nós não vivemos a vida sem um norte.

Sabemos o que fazer e para onde ir. Independentemente do que aconteça em nossas vidas, Deus reina soberano. Ele continua em seu trono. Por que tanto medo? Por que tanto apego a este mundo?

“Não amém o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus o pai.” 1 Jo 2:15

“Entregue o seu caminho ao Senhor, confia nele, e ele agirá.” Sl 37:5

“Aquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós.” Ef 3:20

“Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que nos será revelada.” Rm 8:18

“De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.” Hb 13:5

Share:
Paula Ferreira

Paula Ferreira

Meu nome é Paula, tenho 21 anos e moro em SP. Me descrevo como uma peregrina neste mundo, alguém que deseja menos daqui e mais dos céus. Uma pessoa que luta diariamente consigo mesma, que é cheia de falhas, mas não se conforma com nenhuma delas. Sou apaixonada pelo evangelho, por isso espero acrescentar coisas boas por aqui. Deus abençoe!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *