in Devocional

Pai…

at
pai

Pai,
Existem dias que são muito mais difíceis que outros e são quase sempre imprevisíveis. Apesar de saber que sou um ser inconstante, a inconstância não é algo que aprecio. Minha fé pode estar muito mais forte do que nunca esteve antes, mas sei que haverá momentos em que ela irá se abalar. E se minha fé está abalada, tudo em mim também está. Mas a fé não se resume a sentimento, mas a agir com confiança. Walter Hooper, amigo de C. S. Lewis, passou os últimos meses de vida do amigo ao seu lado e escreveu o seguinte: “Lewis tinha o seu fardo – alguns diriam que era até demasiado – de preocupações, mas, após fazer tudo o que estava ao seu alcance para resolvê-los, ele deixava o assunto com Deus e prosseguia com seus trabalhos e prazeres.” No momento em que li isso – e outros momentos de Lewis ainda doente -, me senti tão emocionada – o Senhor bem sabe a razão – e ao mesmo tempo como se Lewis fosse um velho e querido amigo meu. A maneira como ele agia com fé, deixando o assunto com o Senhor, seja ele qual fosse, me tocou profundamente. Essa era a maneira de Lewis responder ao que não podia mais fazer, e é a maneira que eu também quero responder ao que não puder mais fazer. Há muitas coisas que eu não entendo e das minhas feridas cabe apenas a mim e ao Senhor ter pleno conhecimento, mas me conforta que tenha o controle de todas as coisas e conheça não apenas o meu coração. São momentos díficeis, mas como filha, vou e guardo meu coração no Senhor. Entrego minha fé, ainda que pequena, em suas mãos. O Senhor está no controle e esse é o meu consolo.

Share:
Laureane Antunes

Laureane Antunes

É cristã, estudante de Letras Português e tem 20 anos. Criadora do blog Alma com Flores, tem fé de que nos braços de Cristo podemos florescer.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *