in Dificuldades

Não, eu não sou perfeita

at
nao-eu-nao-sou-perfeita

Não, eu não sou perfeita. Não sou uma mulher com uma sabedoria intocável e provida de todas as virtudes, um verdadeiro exemplo a ser seguido, pelo contrário, tenho tantas falhas que me perderia se fosse listar cada uma delas. Eu não sou perfeita em nenhum sentido, minha natureza é decaída pelo pecado, não sou nada mais que uma pecadora e filha necessitada da Graça e glória de Deus. Tudo o que há de bom em mim, capaz de refletir o amor de Cristo, vem d’Ele mesmo, é Ele mesmo. Não sou digna de sua misericórdia e muito menos amada por Ele porque assim decidi o fazer, mas eu o amo porque Ele me amou primeiro. Por tantos momentos eu decidi lutar por conta própria, cometi erros, sabendo que se eu agisse dessa maneira, Ele não lutaria por mim. Mas eu desisti. Desisti de lutar por conta própria e decidi responder como uma serva, agir como Ele quer que eu aja e deixar Ele lutar à meu favor. Decidi parar de olhar tanto para as circunstâncias ruins, que podem facilmente ser mudadas por Ele, para meus medos, para mim mesma ou para quem amo, e decidi olhar apenas para Ele, porque compreendi que nada depende de mim, mas d’Ele. Eu não tenho a determinação de Ana, não tenho a fé de Abrãao, não tenho a coragem de Paulo, não tenho a mente de C. S. Lewis ou a sabedoria de Paul Washer. Tudo o que tenho é uma fé pequena, que vacila, é inconstante, questiona, não entende tudo, mas eu digo: “Pai, isso é tudo que eu tenho. Toma, entrego a Ti”. Uma fé que não sabe como, quando e onde, mas crê que Ele sempre fará o melhor. E quando minha fé se abalar e enfraquecer, porque eu sei, isso irá acontecer, continuarei dizendo a Deus as palavras que tenho dito de Sproul: “Senhor, eu creio! Ajuda-me na minha falta de fé.” Eu não sou a mulher de Provérbios 31, embora lute para ser ao menos o mínimo do que é e me tornar a mulher que Deus quer que eu seja. Eu me recolhi para estar com Ele e confiar no seu trabalhar, entreguei meu amor, fé, sonhos, planos, alegrias, medos, feridas, tudo a Ele e tenho o buscado em oração. E profundamente, a oração é o que conforta e consola meu coração, porque sei que minhas lutas só podem ser vencidas diante d’Ele, tudo depende d’Ele. Estar em sua presença, orando, é a alegria da minha alma e quando dou uma “escapulida” de tudo e me encontro a sós com Ele, minha fé é fortalecida. Não, definitivamente eu não sou perfeita, mas certamente sou amada por meu Pai, não condicionalmente, mas incondicionalmente.

Share:
Laureane Antunes

Laureane Antunes

É cristã, estudante de Letras Português e tem 20 anos. Criadora do blog Alma com Flores, tem fé de que nos braços de Cristo podemos florescer.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *