in Mulher cristã

A confiança e espera em Deus requer vontade para suportar as dúvidas

at
a-confianca-e-espera-em-deus-requer-vontade-para-suportar-as-duvidas

Sei que esperar em Deus requer vontade para suportar a incerteza, levar no interior uma pergunta sem resposta, trazendo o coração diante de Deus quando esse pensamento invade nossa mente. É fácil convencer-se a si mesma sobre uma decisão que não é duradora; às vezes isso é mais fácil que esperar pacientemente.”

Elisabeth Elliot era um belo exemplo da mulher de Provérbios, feminina, sábia e piedosa, e apesar das aflições que viveu ao longo de sua vida, sua fé e confiança em Deus fizeram dela um exemplo e amostra da Graça. Esse pequeno texto foi escrito por essa amada mulher em seu livro Paixão e Pureza, e tem um grande significado para mim. Elliot fala acerca da espera em Deus, mas também acerca da confiança nEle, e creio que essa seja a razão para que eu goste tanto dessa citação de seu livro.

Admiro Elliot por ter confiado em Deus com tamanha dedicação. Quando olho para sua vida, percebo que há muito o que ser melhorado na minha. Devo admitir que foram muitos os momentos em que minha confiança em Deus foi falha e que ao invés de agir como uma mulher sábia e piedosa, agi como uma mulher medrosa, temerosa e ansiosa. Houve um período de minha vida que as preocupações e os medos conduziram minhas ações. Eu ansiava constantemente por respostas, meus receios e medos me faziam buscá-las de forma precipitada, e ainda que as tivesse, algo surgia para me fazer duvidar se eram verdadeiras. Minhas emoções ditavam minhas ações e por um longo tempo permaneci dessa forma. Me sentia temerosa com o que poderia acontecer e angustiada com minhas próprias especulações do pior. Minha confiança em Deus estava sendo falha, mas Ele, em sua infinita misericórdia, dia após dia me deu a capacidade para lidar com minhas dúvidas, até mesmo com aquelas que não obtive respostas.

Quando percebi a maneira como havia agido, me senti envergonhada e arrependida. Que tipo de mulher eu estava sendo, agindo de forma receosa, temerosa, controladora e preocupada de forma excessiva? Onde estava minha confiança no caráter de Deus? Minha confiança em seu cuidado paternal? Recentemente, li algo escrito por Elyse Fitzpatrick que tenho como uma resposta:

Quando eu me preocupo com o que acontecerá com a minha vida, o que eu realmente estou dizendo é: ‘Deus, o Senhor não pode lidar com isso. Ou o Senhor é muito fraco, desinteressado, não amoroso, ou não é esperto o suficiente para cuidar da minha vida. Eu tenho que dedicar toda a minha atenção para pôr essa situação em ordem por conta própria.”

São palavras duras, no entanto, no momento em que as li pude me ver em cada uma delas. A preocupação com minhas dúvidas e com o que poderia ou não acontecer, me angustiavam. Eu não estava confiando em Deus o suficiente e em seu cuidado. Por diversas vezes agi por conta própria, de forma tola e imprudente, sem perceber o quão exausta e angustiada minha alma estava. Sem perceber que a piedade e o amor era o que deveria ser evidenciado em minhas ações.

Apesar de minhas falhas, minha busca por confiança em Deus se intensificou. Há respostas que não tive e não sei se um dia as terei. Talvez, eu conviva com as incertezas para o resto da vida. Minha luta contra minhas preocupações, medos e ansiedades não acabaram, minha natureza caída tente a cometer pecados e falhas. Mas enquanto minha confiança estiver em Deus, não devo temer. O Apóstolo Paulo diz:

Não andeis ansiosos por coisa alguma.” Filipenses 4:6

Não devo ser temerosa ou ansiosa, controladora ou medrosa, não é essa a mulher que quero me tornar e não é essa mulher que busco ser. Assim como Elisabeth, busco por um coração piedoso e de virtudes, que não negligencia sua confiança em Deus, mas se curva diante dEle. Elliot “esperava em Deus suportando a incerteza, levando no interior uma pergunta sem resposta, mas trazendo seu coração diante de Deus quando esse pensamento invadia sua mente”.

Oh, amada Elisabeth, que Deus me conceda um coração como o seu.

Share:
Laureane Antunes

Laureane Antunes

Cristã e tenho 22 anos. Sou criadora do blog Alma com Flores, no entanto, se não fosse pela Graça de Cristo, nada disso seria possível. Apenas em meu Salvador posso florescer.

2 Comments

  1. Edna Alves

    Me vejo nos mesmos questionamentos por não aguardar em Deus o melhor. O medo e a incerteza sempre são maiores, por causa de nós -Seres Humanos- possuirmos o dom de piorar uma situação e até mesmo prejudicar pessoas.
    Tenho um irmão dependente químico e eu deixei nas mãos de Deus, mas o medo e a incerteza que são falhas minhas me sufocam e sei que acabo sem querer definindo Deus da maneira acima e quero mudar que Elyse definiu quando não descansamos nEle.
    Quero me tornar como Elisabeth tbm <3
    Anseio constatemente por isso.

    05 . nov . 2019
  2. Beatriz Borges Pinto

    Muito me entristece cair constantemente nessa área, como posso não confiar e esperar em um Deus tão maravilhoso como o nosso que em tempo algum nos desamparou! Obrigada pelo texto, que o Senhor nos conceda graça a cada dia para esperar nEle.

    13 . nov . 2019

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *