Encontre alguém que não faça parecer que amar você seja difícil, que você seja uma pessoa complicada. Todos nós temos nossos defeitos, alguns mais aguçados e outros menos. Sabemos que a convivência não é fácil e exige de nós algumas mudanças e renúncias, mas isso não tem nada a ver com deixar de ser você mesmo, isso significa oferecer a sua melhor versão.

Acontece que para algumas pessoas essa versão não é suficiente, os esforços não são levados em conta e todos os seus defeitos se sobressaem às suas qualidades, que são anuladas pela cobrança e crítica excessiva. Isso desgasta o amor, o relacionamento e a pessoa que se vê cada vez mais como “não merecendo todo esse amor”, todo esse “cuidado” e paciência do outro.

Não estou generalizando, mas o que quero dizer é: Não fique com alguém que transpareça que amar você é trabalhoso demais, que estar ao seu lado não é fácil e que você merece essa “caridade”. Devemos estar ao lado de quem deseja lutar pelo o melhor, não de quem acha que o relacionamento é um campo de batalha de insatisfações. Não há nada mais triste do que o outro fazer parecer que você é difícil de ser amado e que não importa o quanto você tenha disposição para melhorar, nunca será bom o suficiente.

Escuto essas frases geralmente por parte de pessoas que possuem algum transtorno, seja depressivo, de ansiedade e até doenças como a fibromialgia, por exemplo:

– “Nossa, mas é difícil amar alguém que chora né?”

– “Como é difícil amar alguém ansioso, apressado e agitado por qualquer coisa…”

ou então:

– “Nossa, mas como é namorar alguém que sente dor pelo corpo todo? Deve ser difícil, hein?”

A verdade é que para quem ama, as dificuldades não são entraves para términos, mas, sim, são avanços que permitem melhorar e superar cada vez mais as dificuldades do relacionamento. É aí que o amor se fortalece e se firma daquela forma que a gente quer para a vida toda, afinal, é muito fácil amar o outro quando as coisas vão bem.

Uma pessoa que está ansiosa, ou está depressiva, não se resume a choros ou preocupações. Ela é bem mais do que isso. Ela também é riso, é abraço, é colo, é companheirismo, uma pena que nem sempre o outro veja isso e, ao invés de ajudar, acaba confirmando a ideia errada do outro ser um “peso” e que só se resume a isso, nada mais.

Todos nós temos defeitos, somos todos imperfeitos buscando alguém que aceite as nossas imperfeições, alguém que seja companhia para as tempestades e que nos incentive a sempre sermos melhores. Por isso, encontre alguém que não faça parecer que amar você é um trabalho. Encontre alguém que o ajude, que desperte o seu melhor e que veja as coisas boas e bonitas que há em você. Alguém que veja o seu pior e , ainda assim, queira continuar ao seu lado, porque sabe que não há só espinhos, mas também flores.

Se você estiver procurando alguém perfeito e ideal para amar, é melhor que fique sozinho, porque todos nós somos falhos, mas isso não é parâmetro para nos definir, isso não é medida para recebermos amor, isso não é entrave para ser amado, por isso, fique com quem mostre que amar você é bom e que não tenha medo de segurar a sua mão quando as tempestades chegarem.

Título do texto: Callie

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here