Imagem: Mansano Fotografia

Eu nunca gostei de partidas, ainda mais quando se trata de alguém especial que está com as malas prontas esperando apenas um último abraço para seguir por outro caminho diferente do meu. Eu estava acostumada a ser quem fica, a ser quem vê o outro partindo e me partindo, a ser quem não entendia as razões de ser deixada e se esforçava para não ser machucada tanto assim. Mas então, os papéis se inverteram.

Eu nunca havia pensado que, um dia, seria eu quem faria as malas e partiria. Sei que não sou perfeita, mas não é uma característica minha soltar a mão de quem é especial. Quando algumas pessoas deixaram de fazer parte da minha vida, questionei a Deus por isso. Não entendia o que estava acontecendo, entendia apenas a dor que eu estava sentindo e a linguagem do meu coração partido. Mas o tempo passou, eu cresci em aprendizado e maturidade, e o que, antes, era como um enigma, Deus desvendou.

Às vezes, algumas pessoas irão chegar em minha vida e juntos construiremos uma amizade, mas isso não significa que irão permanecer para sempre. Não são pessoas descartáveis ou que, em algum momento, se tornarão insignificantes, mas acredito que há o tempo certo para tudo, até mesmo para chegadas e partidas. Clarissa Corrêa escreveu:

Tudo dá certo até onde tem que dar. Uma pessoa entra na vida da outra para ensinar alguma coisa, para aprender, para crescer. E fica o tempo que tem que ficar.

Por mais que seja difícil dizer adeus, às vezes, é necessário. Eu entendia isso na teoria, mas precisei entender na prática. Precisei partir de uma amizade que estava se desgastando a cada dia que se passava. Lutei e insisti para que continuasse dando certo, fui ferida e, talvez, também tenha ferido, mas houve um momento em que precisei fazer uma escolha, e apesar de partir ter sido uma escolha dura, fiquei em paz, porque sabia que era o melhor a ser feito.

Às vezes, partir e ver alguém partindo não é uma perda, mas apenas um aviso de Deus de que coisas melhores estão por vir. Algumas pessoas chegam em nossa vida para nos ferir, mas Deus envia outras para nos ajudar a sarar. Amigos, um grande amor, são pessoas especiais que Ele coloca em nosso caminho, em nossa vida, e o mínimo que podemos fazer é cuidar com carinho.

Eu fiz a escolha de deixar para trás o que me feria. Uma escolha difícil me levou e encontrar quem irá caminhar ao meu lado, não em minha frente ou atrás, mas ao lado e que permanecerá. Quando eu menos esperava, ganhei um presente especial de Deus, com um bilhetinho dizendo: “É para você sorrir mais”, e quando abri, já me vi sendo cuidada e amada por quem havia chegado. Um presente assim não se devolve. O remetente nunca erra.

*O meu primeiro livro “Para a vida e para o amor: Uma boa conversa, por favor”, já está sendo vendido. Compre o seu clicando aqui.

2 COMENTÁRIOS

  1. Apaixonada pela sua escrita tão sincera e iluminada, repleta de tanta vida e alegria. Seus textos me fizeram sorrir, me mostrando luz! Obrigada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here