Você pode até chorar, mas irá sorrir muito mais



Pode ser que você tenha uma grande decepção, daquelas que lágrimas pareciam incessantes. Perdeu aquela oportunidade que talvez não volte tão cedo. Uma tragédia. Tudo o que você fez não deu certo e a frustração tomou conta do seu coração. “Quando foi que eu errei? Queria saber… ”, pergunta a si mesmo sem ao menos existir uma resposta. Aquele príncipe virou sapo. Tudo um dia o que você sonhou torna-se cinzas. Há algum tempo você alimenta sua compulsão e sente-se escravo, preso à essa repetição. 

É, às vezes, fica difícil olhar para o futuro e ter alguma expectativa. Parece que por mais que nos esforcemos, a tendência é sempre repetir aquilo que um dia foi cruel, seja em ações ou na memória, afinal, as marcas estão lá. E como doem. “Acho que não tem mais solução. Sou um caso perdido”, fica um sussurro quase sem força. E o passado-vilão olha para nós e ri da gente, e esbraveja: “você nunca vai se livrar de mim”. 

Mas, “existem coisas melhores adiante do que qualquer outra que deixamos para trás”, disse o grande C. S. Lewis. 

Podemos viver coisas novas, sim! Por mais difícil que seja a caminhada, quando permitimos viver novas experiências, novas ideias e ideais na vida, ao colocarmos toda nossa esperança naquilo que realmente é verdadeiro, temos a certeza que assim que deixamos nosso passado para trás, e isso não significa esquecê-lo mas sim compreender e perdoar todos os sentimentos e eventos traumáticos, conseguimos visualizar que temos a oportunidade sim, e viver coisas melhores adiante. Então, as lágrimas darão lugar a um sorriso; ao invés de achar um culpado haverá experiência; o amor será bem direcionado e no lugar de repetição ao erro haverão novos hábitos e a certeza que você é o protagonista da sua história. 

Sim, “existem coisas melhores adiante do que qualquer outra que deixamos para trás” quando colocamos toda nossa confiança naquele que é o Senhor da História, com todos os seus propósitos e poder: Deus!

escrito por: Aline Zeeberg

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Alma com FloresMaira G.