Acredite, não é culpa de Deus o que você está passando. Sei o que você está sentindo, sei que está com raiva por ter confiado em quem virou as costas sem olhar para trás, sei que você se dedicou e foi verdadeira em relação aos seus sentimentos e está decepcionada por ter sido abandonada, sei que tem vontade de chorar em lugares inapropriados e na maioria das vezes consegue disfarçar o choro, sei que tem vontade de ir para longe e não voltar tão cedo. Sei de tudo isso. Mas confia em mim, responsabilizar a Deus por mais uma decepção é um erro.

Tudo bem, eu também já questionei, já agi como uma criança mimada, já fiz bobagens, mas me arrependo. Deus sabe o quanto me arrependo. Quer saber por que agi como uma mimada? Porque assim como você, eu não soube reconhecer os meus erros. Assim como você, eu ignorei os sinais e inúmeros avisos da parte de Deus. Assim como você, eu deixei que os meus sentimentos me guiassem e essa foi uma das minhas piores decisões.

Pode ser que a sua história não seja a mesma que a minha, mas não caia na armadilha de culpar a Deus por suas feridas. Ele é amor. O que acontece é que durante a tempestade esquecemos de entregar a direção de nossas vidas a Deus. Achamos, por um descuido qualquer, que nossa vida está fora de controle. É muito mais fácil culparmos alguém por nossos erros do que assumir que erramos. Somos nós quem escolhemos não ouvir a voz de Deus e fazer tudo do nosso jeito. Deus é bom, mas também é justo e nos deixar aprender com as nossas escolhas e os nossos erros.

Deus não quer que você se dê mal, Ele quer que você viva com alegria. Você vai dar de cara com fases ruins, mas irá passar por todas elas se Ele estiver no controle. Porque não importa o quanto esteja difícil, se caminhamos pertinho, de mãos dadas com Deus, caminhos bem.

*O meu primeiro livro “Para a vida e para o amor: Uma boa conversa, por favor”, já está sendo vendido. Compre o seu clicando aqui.

RECOMENDAMOS


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here