Às vezes, o que pedimos a Deus está bem diante de nossos olhos



Eu estava na biblioteca com uma amiga procurando um livro o qual eu precisava muito, olhamos todas as prateleiras, olhamos cuidadosamente para ver se o encontrávamos e nada. Olhávamos o papel com a sequência anotada onde poderíamos encontrar ele e nada, ele não estava lá. Nós estávamos no lugar certo e nada de achá-lo. Eu já estava desistindo e indo embora, até que minha amiga olhou para mim e disse: "Tha, olha aqui embaixo, ele está aqui". E não é que ele estava lá mesmo?

Mas o que isso importa? Sabe, às vezes, as coisas estão diante dos nossos olhos, mas estamos tão focados em algo, que esquecemos de olhar ao nosso redor. Olhamos para o passado, para os nossos tombos e fracassos e não olhamos para o que está bem diante de nós. Eu fitei meu olhos em apenas uma prateleira e esqueci de olhar bem embaixo do meu nariz. Sabe, esse lance de esperar a pessoa certa é um tanto que complicado. Tem dias que a gente se questiona se ela realmente existe. Não sei você que está lendo esse texto, mas eu já idealizei muito e sempre ouvia isso: "Você escolhe demais, cuidado, vai acabar sendo escolhida", e sim, eu fui escolhida, mas não por ser a última opção de alguém, mas por ser a primeira. 

Fui escolhida por Deus para alguém e Deus o escolheu para mim, para me amar. Mas, isso só aconteceu quando eu permiti e me desfiz de toda a bagagem do passado, quando eu esqueci os meus padrões e me submeti aos de Deus. Quando eu vi que o que eu achava ser o melhor era pequeno demais comparado ao que Deus preparou para a minha vida. Algumas pessoas se entregam para qualquer pessoa por medo de ficarem sozinhas, outras não se entregam por medo de fazerem a escolha errada. Acontece que ambos os casos estão completamente equivocados. 

Primeiro, amor não é uma questão de tentativas incessantes por medo de nunca encontrá-lo. E segundo, o amor não é previsível. Não é algo que bate a sua porta, você olha e diz: "Ahhhh, é esse mesmo, pode entrar". Esse lance de pessoa certa está longe de ser a pessoa idealizada, está mais perto de ser a pessoa mais inusitada e imprevisível. Está em nos vestirmos da nossa beleza mais bonita, a que vem do interior, de fitar nossos olhos em Deus e abrir nosso coração para o novo. 

Às vezes, estamos tão machucados, calejados, que a tal "pessoa certa" acaba pagando o preço disso. Sim, porque nos fechamos e bloqueamos qualquer possibilidade dela ser a pessoa que tanto esperávamos. Porque qualquer coisa se torna motivo para descartá-la. Quando você conseguir enxergar para além do seu mundo e estiver disposta a conhecer as coisas ao seu redor, quando você entender que não é metade de ninguém, mas que é inteira, quando entender que não precisa de alguém para ser feliz, porque você é feliz, aí sim, você irá poder encontrar alguém especial para para somar, multiplicar, transbordar. E não dividir.

O que quero dizer é: Por que tanta pressa em ter alguém se você não consegue se olhar no espelho e ver a pessoa maravilhosa que você é? Por que tanta pressa de ter alguém se você não consegue se amar do jeito que deveria? Por que querer tanto ser a metade de alguém se você pode ser inteira? Já reparou que tem gente elogiando o seu sorriso e você não dá valor nisso porque está esperando alguém vir e te fazer sorrir? Já reparou que tem gente reparando na sua roupa nova e você querendo mudar de visual para agradar? Já reparou que você ora para Deus pedindo alguém especial, mas não deixa ninguém mostrar o quanto é especial para você? 

Sabe, eu estava desistindo do livro, estava indo embora mesmo precisando muito dele. Mas eu precisei de alguém que batesse em meus ombros e dissesse: "Você olhou aqui embaixo? Ele está aqui".Será que você não está precisando disso? De alguém que diga: "Ei, mude o foco, mude a direção, veja por outro ângulo, está aqui". Às vezes, não encontramos alguém que estávamos procurando, mas alguém que estava procurando por nós.


Thamilly Rozendo, autora.
Estudante de Psicologia, 22, é aquela que escuta mil vezes a mesma música. Encontra paz na oração e vê amor nos pequenos detalhes. Autora e criadora do site Logo Eu.

4 comentários

  1. Eu amo seus textos ,me ajudam muito porque sempre me identifico com eles ,principalmente nessa questão sentimental,hoje por exemplo acabei de ler o que precisava ,obrigada por este texto��

    ResponderExcluir

© Alma com FloresMaira G.