Eu tenho caminhado sem parar, me agarrado a esperança e a fé de que estou fazendo o certo, mas ao mesmo tempo me sinto perdida. O meu coração sabe ser forte quando necessário, mas não deixa de ser o que é, feito de sentimentos. Posso ser corajosa, difícil de se render aos dias maus, mas não deixo de ser humana, não deixo de me ferir e sentir a alma pedindo por paz. Não importa o quanto eu esteja me esforçando para estar fortalecida, em algum momento, irei me render aos braços de Deus e Seu carinho, porque é exatamente o que preciso.

Alguns dias são mais difíceis que outros e em alguns deles sinto que estou exatamente onde deveria estar, mas em outros sinto que não sei para onde devo ir, o que devo sentir, o que devo fazer. Penso em Deus e no que Ele gostaria que eu pensasse e me esforço para resgatar esses pensamentos perdidos e apesar de não ser fácil, não é impossível. Conto para Ele como me sinto desorientada por meus próprios sentimentos e Ele me recorda que não devo ser orientada por sentimentos que podem ser falhos, mas por Ele que sabe de todas as coisas e conhece os melhores caminhos a serem seguidos.

Quando me sinto perdida é que faço questão de me encontrar em Deus, é Nele que tenho as respostas e as direções que preciso. Os meus sentimentos podem estar desorientados, confusos, mas a calma e clareza que preciso Ele me traz. Posso chorar, puxar os cabelos, não entender nada de primeira, mas quando fecho os olhos e respiro fundo é Ele e os seus cuidados que vêm ao meu encontro. Assim me encontro.

*O meu primeiro livro “Para a vida e para o amor: Uma boa conversa, por favor”, já está sendo vendido. Compre o seu clicando aqui.

RECOMENDAMOS


5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here