Eu sei que a vida é dura, Deus, mas como quem já não quer mais fazer tudo sozinha, pela força do próprio braço, eu peço, ensina-me a ser mais forte. Ensina-me a não querer desistir quando as turbulências chegarem. Ensina-me a ouvir as palavras ofensivas sem querer dizer em alto e bom som os defeitos daquele que diz da boca para fora o que não deveria. Ensina-me a não querer fechar os olhos para o mundo e esquecer os que amo, mesmo quando me machucam. O meu coração está cansado e ferido, mas não quero viver como se esse cansaço e essa ferida valessem mais do que as pequenas alegrias. Não quero esquecer o que, realmente, é importante. Ainda tenho fé e não abrirei mão dela por nada.

A cada amanhecer, acordo e penso no que poderá vir, mas sei que tudo depende da minha maneira de agir. Sou falha, mas me recuso a ser todos os dias a mesma mulher. Não quero permanecer nos mesmos erros. Não quero continuar nas mesmas falhas. Eu sei que as mudanças estão batendo na minha porta porta e não quero observar o meu reflexo no espelho e perceber que continuo a mesma. Não quero não reconhecer que preciso tirar a poeira dos ombros e sair do comodismo. Não quero sentar na poltrona da preguiça e me aconchegar.

Há momentos em que a fraqueza surge e a única vontade que sinto é a de desistir, mas sei que preciso insistir. A vida é dura, mas se estou sendo cuidada por Ti, por que então deveria me desesperar? Não sou eu, mas é Você, Pai. É Você quem sabe de todas as coisas e nunca falha. É Você quem me ama de forma única e imensurável. É Você quem me salva e me traz vida. É Você quem nunca vai, mas sempre permanece.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here